terça-feira, 10 de fevereiro de 2009

Matéria Site do Palmeiras



"Encontro com ídolo



Por Fábio Finelli - Assessoria de Imprensa SEPA tarde desta segunda-feira (09) foi especial para Matheus Thiago, de apenas 6 anos. Ele realizou o maior sonho de sua vida, ao conhecer o goleiro palmeirense Marcos, na Academia de Futebol.Matheus seria uma criança normal se não tivesse uma doença chamada neuroblastoma, em que as células malignas do câncer são encontradas em determinadas partes do sistema nervoso. A doença aparece geralmente em crianças com menos de 6 meses de idade e apresenta egressão espontânea e agressiva em determinados casos, como o de Matheus. A doença só apareceu em Matheus quando ele tinha 3 anos.De acordo com os médicos, o estado de saúde do garoto piorou nesta semana e atingiu o estágio máximo de gravidade, o 4. Sandra Aparecida Thiago é a mãe de Matheus. Ela conta que a criança só tinha um sonho na vida. "Nesses tipos de caso, os médicos sempre perguntam qual o sonho que a criança quer realizar. Falamos para o Matheus que realizaríamos qualquer coisa que ele quisesse. E o pedido dele foi conhecer o Marcos", conta, emocionada.O amor pelo Palmeiras veio atrás do pai, José Antunes Roza, que reside em Peruíbe, litoral de São Paulo. "Ele sempre foi fanático pelo Palmeiras, mesmo quando não entendia muita coisa. Esse carinho começou quando ele ganhou a primeira camisa e uma bola de futebol."Antes de Marcos, Matheus Thiago teve a oportunidade de conhecer o volante Pierre. O camisa 5 palmeirense não conteve a emoção. "Eu passei por uma situação difícil na vida [a morte de um filho recém-nascido] e sei o quanto essa família deve estar sofrendo. Mas a fé em Deus supera qualquer dor. É emocionante ver que, apesar de tudo o que estão passando, existe alegria e esperança no olhar e no coração deles."Quando Marcos chegou para o aguardado encontro, Matheus Thiago abriu um largo sorriso. "É difícil ele sorrir. Ele também não está se alimentando como deveria. Hoje [segunda-feira], ele abriu um sorriso de um jeito que eu não via faz tempo. E teve fome. É um sinal de superação", conta a mãe.Matheus recebeu de Marcos uma camisa autografada, uma bandeira do Palmeiras e uma faixa de campeão do título Paulista do ano passado. Depois de tirar fotos, Matheus encontrou fôlego para fazer três cobranças de pênalti no camisa 12 palmeirense. E marcou um gol!Para Marcos, o caso de Matheus e o cuidado com que os pais da criança têm servem de exemplo para todos. "Eu tive que conter o choro. A luta pela sobrevivência do Matheus e o amor que os pais dele têm por ele motivam qualquer pessoa. É um exemplo de fé e superação. A gente às vezes pensa muito no individual e nos bens materiais, mas uando vemos casos desse tipo, paramos para pensar que a vida é muito mais valiosa do que certas coisas", comentou o goleiro.Matheus Thiago deixou a Academia de Futebol do Palmeiras com a sensação de dever cumprido. Com o sonho de conhecer Marcos e o Palmeiras realizado. E dando o exemplo que lutar pela vida sempre vale a pena. "Enquanto tiver esperança, e por mais que a medicina diga o contrário, vamos acreditar", completa o pai, José Antunes.foto 1: em cima, o pai, José Antunes Roza, Marcos e Pierre. Abaixo, a mãe, Sandra Aparecida Thiago, e Matheus Thiago."

2 comentários:

Paulinha disse...

Oi!!! Gostaria de obter maiores informações sobre a ong, como se tornar voluntário por exemplo, se puderem encaminhar para o email paulagmserrat@gmail.com, eu agradeço.

CMS Hevelyn disse...

Olá!
Meu comentário é o mesmo.
Sou de Campinas e queria mais informações de como me tornar voluntária.
heviwsouza@globo.com